Declaração

O que pode ser deduzido na declaração de Imposto de Renda?

Uma das maiores dúvidas dos contribuintes que optam pela declaração completa é saber o que pode ser deduzido no Imposto de Renda.

Algumas despesas permitem algum desconto na declaração completa. Para que os recibos sejam válidos, é importante que constem o CNPJ (pessoa física) ou o CPF (pessoa física ou profissionais liberais) de quem prestou o serviço e o CPF de quem fez o pagamento.

Veja o que pode ser deduzido no Imposto de Renda

O que pode ser deduzido do Imposto de Renda

Despesas médicas

Algumas das despesas médicas que podem ser deduzidas no Imposto de Renda são as seguintes:

  • Gastos hospitalares
  • Exames médicos
  • Consultas com médicos, dentistas, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, psiquiatras, etc
  • Serviços radiológicos
  • Pagamentos de planos ou seguros de saúde
  • Despesas com aparelhos ortopédicos (pernas e braços mecânicos, calçados e palmilhas ortopédicas)
  • Despesas com próteses dentárias como dentaduras, coroas, pontes, aparelhos dentários, etc
  • Despesas com fertilizações em vitro
  • Transfusões de sangue
  • Despesas médicas ocorridas no exterior, desde que não tenham sido cobertas pelo plano de saúde
  • Cirurgias plásticas de caráter emergencial que buscam preservar a saúde física e mental do paciente

Despesas com educação

Outro gasto importante que pode ser deduzido no Imposto de Renda é o gasto com educação. Tanto o contribuinte quanto seus dependentes podem ter gastos abatidos até um limite máximo de R$3.375.83 por ano. Podem ser deduzidos:

  • Pagamentos referentes à creche e pré-escola
  • Pagamentos referentes ao ensino fundamental e médio
  • Pagamentos referentes ao ensino superior (graduação e pós graduação)
  • Pagamentos com ensino profissional técnico e tecnológico

Gastos com dependentes

Os gastos com dependentes podem gerar uma dedução de R$2.275,08 para o contribuinte declarante.

Pagamentos à Previdência Social e para planos de Previdência Privada

Todas as contribuições feitas para a Previdência social, sejam elas descontadas em folha ou pagas através do carnê (trabalhadores autônomos).

As contribuições de Previdência Privada no regime do Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL) também podem ser deduzidas, desde que a declaração seja feita no modo completo. A dedução máxima é de 12% do valor dos rendimentos tributáveis.

Para quem paga pensão alimentícia

Aqueles que pagam pensões alimentícias que foram estabelecidas através de decisão judicial ou através de acordo homologado em cartório, também podem realizar este desconto nos rendimentos tributáveis.

Contribuições ao INSS de empregado doméstico e doações

As contribuições ao INSS referentes ao empregado doméstico que tenha carteira assinada também podem ser deduzidas do imposto de renda, assim como doações feitas a instituições e fundos específicos ligados ao governo.

Agora que você já sabe o que pode ser deduzido no Imposto de Renda, é bom se organizar e manter a documentação em dia. Para que todas estas deduções sejam válidas, você deverá ter a documentação comprobatória. Veja a lista de documentos necessários para fazer o Imposto de Renda.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário