Declaração

Como obter o informe de rendimentos do Sigepe

Neste post mostraremos como o servidor ativo, pensionista ou aposentado pode obter o informe de rendimentos do Sigepe. Este é um documento essencial para fazer a sua declaração do imposto de renda.

É nele que constam todos os valores recebidos durante o ano e também todos os descontos feitos em folha que foram repassados para a Receita Federal.

É possível obter o informe de rendimentos do Sigepe pela internet. Você pode usar o site ou o aplicativo Sigepe Mobile. Neste exemplo, lhe mostraremos como obter o informe de rendimentos no site.

Veja como obter o informe de rendimentos do Sigepe 2019 para Imposto de Renda:

Acesse o site do Sigepe através do portal do SIGAC. Caso ainda não tenha cadastro, veja como cadastrar o email no SIGAC e realizar o primeiro acesso.

Para isso acesse o site Servidor.gov.br e escolha a opção “Sigepe Servidor e Pensionista”.

Como obter o informe de rendimentos do Sigepe.

Em seguida, faça login no Sigac, com seus dados de cadastro:

Portal Servidor - Sigac

O próximo passo é escolher a opção “Dados Financeiros”.

Agora, é hora de escolher a opção “Comprovante de Rendimentos”:

Passo a passo para tirar o informe de rendimentos pela internet

Agora, basta escolher o ano base do qual deseja emitir o informe de rendimentos e clicar em “Comprovante de Rendimentos”.

Passo a passo para tirar o informe de rendimentos pela internet

Após clicar em “Comprovante de Rendimentos”, será aberta uma janela para que você salve o documento em seu computador. Ele virá no formato PDF, que poderá mais tarde ser impresso ou guardado em seus arquivos normalmente.

Informe de Rendimentos do Sigepe impresso.

Quem precisa declarar o imposto de renda?

Para saber se você precisa declarar o imposto de renda, veja se encaixa em alguma destas situações:

  • Obteve renda tributável, oriunda de salário, aluguéis e outras fontes de renda no qual a soma foi superior a R$28.559,70;
  • Obteve rendimentos isentos de tributação ou que foram tributados exclusivamente na fonte em que a soma foi superior a R$40.000,00;
  • Obteve ganho de capital na alienação de bens ou em operações da bolsa de valores e semelhantes;
  • Passou a condição de residente no Brasil em qualquer mês e ainda permanecia nesta condição em 31 de Dezembro de 2019;
  • Obteve renda oriunda de atividade rural com valor superior a R$142.798,50.

Agora, não precisa realizar declaração de rendimentos as pessoas que não se encaixam nas situações acima ou então são portadores de moléstias graves, tais como:

  • AIDS
  • Mal de Parkinson
  • Esclerosa Múltipla
  • Neoplasia maligna (câncer)
  • Tuberculose Ativa
  • Paralisia irreversível ou incapacitante
  • Hanseníase
  • Doenças provenientes de contaminação por radiação
  • Fibrose cística
  • Cegueira
  • Cardiopatia Grave
  • Alienação Mental
  • Doença de Paget
  • Nefropatia Grave
  • Doenças graves do fígado

Veja também como obter os informes de rendimentos do:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!