Declaração

Como obter o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal para o Imposto de Renda 2019

Neste post mostraremos como o contribuinte pode obter o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal para preencher a declaração do Imposto de Renda 2019.

As declarações já podem ser enviadas para a Receita Federal a partir do dia 07 de Março e o prazo final é às 23:59 do dia 30 de abril. Aquele que não enviar a declaração dentro do prazo, deverá pagar uma multa que tem o valor mínimo de R$165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Como proceder para obter o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal para fazer o IRPF 2019

Os informes de rendimentos são documentos essenciais para preencher a sua declaração. É através deles que o contribuinte verifica todas as movimentações financeiras durante o ano. Ele é fornecido não só pelas instituições bancárias, mas também por empregadores e outras empresas que realizam pagamentos a terceiros.

Quem é pensionista, por exemplo, pode obter o informe de rendimentos do INSS. Lá estarão todas as informações sobre os valores pagos, tais como os descontos que foram efetuados.

Para obter o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal, o contribuinte pode ir até uma agência física e solicitar o informe diretamente ao gerente da sua conta ou então emiti-lo pela internet, que é a maneira mais rápido e prática.

O primeiro passo para emitir o informativo pela internet é acessar o site da Caixa e fazer login com seus dados do internet banking.

Na tela inicial, procure pela opção “Minha Conta” e clique.


O próximo passo é escolher a opção “Informe de Rendimentos IRPF”, que fica dentro do campo “Demonstrativos”.

Como obter o informe de rendimentos da Caixa

Verifique se a conta da qual deseja obter o informe está correta e clique em “Continuar”.

O informe de rendimentos será mostrado logo em seguida. No final da tela, o usuário pode escolher entre as opções “Salvar” ou “Imprimir”.

Como obter o informe de rendimentos da Caixa

Quem precisa declarar o imposto de renda?

Para saber se você precisa declarar o imposto de renda, veja se encaixa em alguma destas situações:

  • Obteve renda tributável, oriunda de salário, aluguéis e outras fontes de renda no qual a soma foi superior a R$28.559,70;
  • Obteve rendimentos isentos de tributação ou que foram tributados exclusivamente na fonte em que a soma foi superior a R$40.000,00;
  • Obteve ganho de capital na alienação de bens ou em operações da bolsa de valores e semelhantes;
  • Passou a condição de residente no Brasil em qualquer mês e ainda permanecia nesta condição em 31 de Dezembro de 2019;
  • Obteve renda oriunda de atividade rural com valor superior a R$142.798,50.

Agora, não precisa realizar declaração de rendimentos as pessoas que não se encaixam nas situações acima ou então são portadores de moléstias graves, tais como:

  • AIDS
  • Mal de Parkinson
  • Esclerosa Múltipla
  • Neoplasia maligna (câncer)
  • Tuberculose Ativa
  • Paralisia irreversível ou incapacitante
  • Hanseníase
  • Doenças provenientes de contaminação por radiação
  • Fibrose cística
  • Cegueira
  • Cardiopatia Grave
  • Alienação Mental
  • Doença de Paget
  • Nefropatia Grave
  • Doenças graves do fígado

As principais vantagens em entregar a sua declaração de imposto de renda mais cedo são:

  • Receber a restituição já nos primeiros lotes;
  • Ter mais tempo para corrigir eventuais falhas ainda dentro do prazo;
  • Evitar imprevistos e ter a tranquilidade de resolver tudo com bastante tempo.

Veja também como obter o informe de rendimentos nos bancos: Bradesco, Banco do Brasil, Santander, Banco Inter, Itaú.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário