Declaração

Como obter o informe de rendimentos do INSS

Para quem recebe do benefício da Previdência Social, precisa obter o informe de rendimentos do INSS para preencher a declaração de imposto de renda corretamente. É neste informe de rendimentos que estão todas as informações sobre os recolhimentos realizados e o valor do imposto que já foi retido na Fonte.

O beneficiário pode obter o informe de rendimento nas lojas de atendimento do INSS mediante agendamento ou então optar pela forma mais fácil, que é pela internet.

O que fazer para obter o informe de rendimentos do INSS pela internet

O primeiro passo é acessar o portal Meu INSS e realizar o cadastro caso ainda não o tenha. (Veja como fazer o cadastro no Meu INSS). Caso já tenha cadastro, faça o login normalmente.

Agora, basta escolher a opção “Extrato para imposto de renda” que fica no menu de opções do lado esquerdo da tela.

Como obter o informe de rendimentos do INSS

Na próxima janela, confira se o ano do qual você deseja o informe está correto e clique no número do benefício de que deseja obter o documento.

Segundo passo para tirar o extrato do imposto de renda do INSS

Logo em seguida será mostrado o informe de rendimentos. Basta clicar no botão “Imprimir” e salvar o documento em PDF no seu computador ou então imprimir e arquivar em papel.

Como obter o informe de rendimentos do INSS

Quem precisa declarar o imposto de renda?

Para saber se você precisa declarar o imposto de renda, veja se encaixa em alguma destas situações:

  • Obteve renda tributável, oriunda de salário, aluguéis e outras fontes de renda no qual a soma foi superior a R$28.559,70;
  • Obteve rendimentos isentos de tributação ou que foram tributados exclusivamente na fonte em que a soma foi superior a R$40.000,00;
  • Obteve ganho de capital na alienação de bens ou em operações da bolsa de valores e semelhantes;
  • Passou a condição de residente no Brasil em qualquer mês e ainda permanecia nesta condição em 31 de Dezembro de 2019;
  • Obteve renda oriunda de atividade rural com valor superior a R$142.798,50.

Agora, não precisa realizar declaração de rendimentos as pessoas que não se encaixam nas situações acima ou então são portadores de moléstias graves, tais como:

  • AIDS
  • Mal de Parkinson
  • Esclerosa Múltipla
  • Neoplasia maligna (câncer)
  • Tuberculose Ativa
  • Paralisia irreversível ou incapacitante
  • Hanseníase
  • Doenças provenientes de contaminação por radiação
  • Fibrose cística
  • Cegueira
  • Cardiopatia Grave
  • Alienação Mental
  • Doença de Paget
  • Nefropatia Grave
  • Doenças graves do fígado

Veja também como obter os informes de rendimentos do:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!