Declaração

Como obter o informe de rendimentos do Rioprevidência

É aposentado ou pensionista do Estado do Rio de Janeiro? Neste post, mostraremos como você pode obter o informe de rendimentos do Rioprevidência para realizar a declaração do imposto de renda corretamente.

O informe de rendimentos é um documento importante pois é nele que estão todos os pagamentos que foram realizados ao beneficiário durante o ano. Nele, também constam os descontos que já foram realizados.

O beneficiário pode obter o informe de rendimentos do Rioprevidência diretamente nos escritórios de atendimento, através do aplicativo e também no site. Neste exemplo, mostraremos esta última opção.

Como fazer para obter o informe de rendimentos do Rioprevidência

O primeiro passo é acessar o site do Rioprevidência e fazer o login com seus dados de cadastro. Caso ainda não tenha cadastro no site, é necessário procurar um escritório de atendimento para realizar o seu.

Após o login, clique no botão “Meu Perfil”, que aparece ao lado do nome do beneficiário.

Como obter o informe de rendimentos do RioPrevidência

O próximo passo é clicar no botão “Consultar informes de rendimentos” que fica no canto superior direito da tela.

Extrato de imposto de renda do Rioprevidência

Logo em seguida será mostrada uma lista com todos os informes de rendimentos disponíveis para aquele beneficiário. Escolha o ano que seja e clique no ícone azul “í”.

Extrato do IRPF do Rioprevidência

Logo em seguida se abrirá um “pop-up” com o documento. Desta forma, você pode imprimi-lo normalmente ou salvar como documento PDF em seu computador.

Quem precisa declarar o imposto de renda?

Para saber se você precisa declarar o imposto de renda, veja se encaixa em alguma destas situações:

  • Obteve renda tributável, oriunda de salário, aluguéis e outras fontes de renda no qual a soma foi superior a R$28.559,70;
  • Obteve rendimentos isentos de tributação ou que foram tributados exclusivamente na fonte em que a soma foi superior a R$40.000,00;
  • Obteve ganho de capital na alienação de bens ou em operações da bolsa de valores e semelhantes;
  • Passou a condição de residente no Brasil em qualquer mês e ainda permanecia nesta condição em 31 de Dezembro de 2019;
  • Obteve renda oriunda de atividade rural com valor superior a R$142.798,50.

Agora, não precisa realizar declaração de rendimentos as pessoas que não se encaixam nas situações acima ou então são portadores de moléstias graves, tais como:

  • AIDS
  • Mal de Parkinson
  • Esclerosa Múltipla
  • Neoplasia maligna (câncer)
  • Tuberculose Ativa
  • Paralisia irreversível ou incapacitante
  • Hanseníase
  • Doenças provenientes de contaminação por radiação
  • Fibrose cística
  • Cegueira
  • Cardiopatia Grave
  • Alienação Mental
  • Doença de Paget
  • Nefropatia Grave
  • Doenças graves do fígado

Veja também como obter os informes de rendimentos do:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!